CICLO DE VIDA DE ESCRITÓRIOS CONTÁBEIS CADASTRADOS NO CLUBE DOS CONTADORES: UMA APLICAÇÃO DO MODELO DE GREINER (1998)

Érica Daniela Morais, Wendel Alex Castro Silva

Resumo


Este artigo tem como objetivo principal identificar em qual fase do Ciclo de Vida Organizacional (CVO) se encontra os escritórios de contabilidade existentes no cadastro do Clube dos Contadores, segundo o modelo de Greiner (1998). Para isso, realizou-se uma pesquisa descritiva, com abordagem quantitativa. Os dados foram coletados por meio de questionário estruturado composto por questões fechadas em escala Likert de cinco pontos. Dentre os 16 escritórios respondentes, que são microempresas, verificou-se que 37% deles estão na fase de Colaboração, um indicativo de maturidade no CVO, enquanto outros 31,3%, estão no estágio da Criatividade, correspondente a fase de nascimento da organização. Contudo, os escritórios situados neste estágio têm mais de 10 anos de atividades, e quando se consideram aqueles que estão até o estágio de Delegação, percebe-se um falso sinal de longevidade, pois a informalidade dos processos dessas organizações pode levá-las a mortalidade. Acredita-se que os resultados desse estudo possam auxiliar os gestores desses escritórios no desenvolvimento da fase em que se encontram, contribuindo para o aperfeiçoamento de seus processos de produção de serviços, bem como para sua longevidade.


Palavras-chave


Modelos de Ciclo de Vida Organizacional. Modelo de Greiner. Escritórios de Contabilidade.

Texto completo:

PDF


 

 

  Revista ABCustos - ISSN 1980-4814

  Associação Brasileira de Custos, São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia