CUSTO TOTAL DE PROPRIEDADE: ADOÇÃO NO SETOR DE COMPRAS DA USINA FOZ DE CHAPECÓ

Moacir Francisco Deimling, Juliano Giongo, Danuza Fátima Zanrosso

Resumo


Este artigo tem como objetivo apresentar elementos relacionados com a utilização do Custo Total de Propriedade (TCO Total Cost of Ownership) no processo de compra de uma construtora de grande porte, referente à realização da obra na usina hidrelétrica Foz do Chapecó, visando analisar e registrar o uso prático desta ferramenta. São analisados alguns itens de compra com o Custo Total de Propriedade, considerado como uma ferramenta de contabilidade gerencial que dá suporte à tomada da decisão de compra. Os dados da pesquisa foram obtidos no setor de suprimentos, especialmente, na área de compras da construtora na usina hidrelétrica Foz do Chapecó. Foram feitas entrevistas com os responsáveis pelas compras e manutenção, bem como utilizada pesquisa documental em relatórios gerenciais para obter os dados necessários às análises, caracterizando a pesquisa como um estudo de caso, de caráter descritivo e quali-quantitativo. Os principais resultados apontam para a viabilidade desta ferramenta para a tomada de decisões na área de compras.


Palavras-chave


Custos. Compras. Suporte a decisão. Competitividade.

Texto completo:

PDF


 

 

  Revista ABCustos - ISSN 1980-4814

  Associação Brasileira de Custos, São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia