CUSTOS E PRECIFICAÇÃO: UM ESTUDO EM RESTAURANTES SELF SERVICES DE ARACAJU/SE

Mônica Cristina Rovaris Machado, Milena Pinheiro da Silva

Resumo


Esse estudo objetivou compreender como os custos que incidem sobre o produto e o serviço oferecido pelos restaurantes self services de Aracaju/SE influenciam na determinação de preços e quais os métodos de precificação usados para que a precificação seja feita. Para tanto, foi realizado um estudo qualitativo, de caráter exploratório-descritivo realizado mediante pesquisa de campo, e como ferramenta de coleta de dados foram utilizadas entrevistas estruturadas com questões abertas e fechadas. Além da formação do preço, tornou-se necessário analisar aspectos como a concorrência, os clientes e a gestão de custos, visto que estes fatores se destacam como ferramentas importantes para as organizações, pois permitem avaliar seus próprios limites e estabelecer parâmetros de organização. Assim, se investigou como as empresas formam seus preços, quais os componentes da estrutura dos custos e despesas, quais os métodos de custeio adotados e identificados falhas e benefícios nas empresas pesquisadas. Como resultado obteve-se que as empresas reconhecem a importância de adotar um método de custeio adequado para o processo de formação de preços, além de empregarem diversas metodologias para estabelecer o preço final ao consumidor, como as baseadas nos custos, concorrência e valor percebido.


Palavras-chave


Precificação. Custos. Restaurantes.

Texto completo:

PDF


 

 

  Revista ABCustos - ISSN 1980-4814

  Associação Brasileira de Custos, São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia