ANÁLISE DOS CUSTOS DE PRODUÇÃO DOS AGENTES BIOLÓGICOS PARA CONTROLE DE DIATRAEA SACCHARALIS EM CANA-DE-AÇÚCAR: UM ESTUDO DE CASO EM LABORATÓRIO DE PRODUÇÃO MASSAL

Paulo Arnaldo Olak, Joice Amarante

Resumo


O presente artigo apresenta uma análise dos custos de produção do parasitóide Cotesia flavipes utilizado como controle biológico da Diatraea saccharalis, conhecida como broca da cana-de-açúcar, partindo do acompanhamento da produção e analisando cada etapa do processo, ou seja, os processos subdivididos em departamentos. O estudo foi realizado em um laboratório de produção massal de Cotesia flavipes localizado na região do Vale Paranapanema, no qual se pode acompanhar e coletar todas as informações do processo para formação e análise dos custos. Para realização desta pesquisa utilizou-se o método de Custeio ABC, identificando cada etapa do processo alocando-as em departamentos, formando assim o custo de cada um. No estudo se levou em consideração apenas os custos com mão-de-obra e materiais. Após levantamento dos custos de cada departamento, constatou-se que o maior consumo é de serviços, ou seja, mão-de-obra, responsável por 67% dos custos totais e apenas 33% dos custos são de materiais. O departamento com maior consumo de materiais é o da Dieta, responsável por 86% do custo total de materiais e o departamento de Inoculação da Broca é responsável por 60% dos recursos totais com mão-de-obra. Com a apuração de todos os dados levantados, chegou-se à conclusão que cada copo dentro do processo custou para a empresa R$ 1,94, ou seja, R$ 0,06 por massa de pupa.


Palavras-chave


Custos de Produção. Custeio ABC. Cotesia Flavipes. Broca da cana-de-açúcar.

Texto completo:

PDF


 

 

  Revista ABCustos - ISSN 1980-4814

  Associação Brasileira de Custos, São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia