GESTÃO DA QUALIDADE E DESPERDÍCIOS: UMA ABORDAGEM SOBRE O TEMPO PRODUTIVO PERDIDO

Vinícius Costa da Silva Zonatto, Luiz Afonso Storch, Elvis Silveira Martins, Daniel Bartz

Resumo


Este artigo tem como objetivo geral identificar o tempo produtivo desperdiçado no setor produtivo de uma empresa de porte médio, avaliando-se as situações que geram este desperdício. A metodologia utilizada na pesquisa caracteriza-se como um estudo de caso, de natureza exploratória, com abordagem quantitativa dos dados. Inicialmente buscou-se identificar as situações que geram desperdício no setor pesquisado. A seguir, se avaliou os tempos produtivos desperdiçados pela empresa. Por fim, se apuraram os valores dos custos dos tempos produtivos desperdiçados na organização. Os resultados da pesquisa mostram que a empresa possui um elevado tempo produtivo desperdiçado. O principal evento que gera desperdício na organização é o retrabalho. Conclui-se que a análise proposta é adequada e pode proporcionar aos gestores uma avaliação eficiente do impacto do tempo produtivo desperdiçado no resultado das organizações.

Palavras-chave


Custos da qualidade. Desperdício. Tempo produtivo.

Texto completo:

PDF


 

 

  Revista ABCustos - ISSN 1980-4814

  Associação Brasileira de Custos, São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia