ANÁLISE COMPARATIVA DOS CUSTOS DE PRODUÇÃO DE SUÍNOS SOB A ÓTICA DA TEORIA CONTRATUAL

Leandro Augusto Toigo, Vanderlei Gollo, Maurício Leite, Roberto Carlos Klann

Resumo


Esse estudo objetiva analisar os custos dos diferentes sistemas de produção na suinocultura catarinense. Para tanto, foram utilizados dados sobre os custos da suinocultura de Santa Catarina referentes ao ano de 2013 divulgados pela Companhia Nacional de Abastecimento - CONAB. Foram identificados os cenários da suinocultura, considerando as etapas e sistemas de produção e calculados os custos de produção em cada um dos sistemas bem como dos cenários. Foi realizada uma análise trimestral e uma geral para o período. Os resultados apontam para menores custos de produção quando há a existência de contratos de comodato. As simulações dos cenários indicam custos mais elevados no sistema de ciclo completo, mesmo com período menor para desenvolvimento e com peso final dos suínos menor. Conclui-se, portanto, que a constante evolução dos sistemas de produção sob os modelos de comodato, deve-se principalmente ao fato de apresentarem menores custos de produção. Outro fator importante é que a migração dos sistemas independentes para os modelos de contratos é uma forma de transferir a maior parte dos riscos da atividade para a empresa. Porém, identificado o comportamento dos custos de produção, é importante avaliar o comportamento do retorno como reflexo dos diferentes sistemas de produção.

Palavras-chave


swine production systems. Lease agreements. Independent production.

Texto completo:

PDF


 

 

  Revista ABCustos - ISSN 1980-4814

  Associação Brasileira de Custos, São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia