GESTÃO DE ORÇAMENTO FAMILIAR

Alexandre da Silva Viegas, José do Carmo Pinto, Pedro Xavier da Penha

Resumo


O objetivo deste trabalho é apresentar um levantamento das funções administrativas e verificar a possibilidade de aplicação na micro entidade denominada de família. Aborda a utilização das funções administrativas, principalmente, o planejamento, a organização e o controle, como meios para o gestor familiar acompanhar a variação da riqueza do patrimônio. Procurou-se conhecer o perfil de famílias de uma cidade mineira, evidenciando suas opiniões a respeito da gestão familiar e, principalmente, da utilização de controle das despesas e custos, evitando ter uma saída de recursos excedente às entradas. Utilizou-se de estudo bibliográfico e pesquisa de campo. A consolidação da gestão familiar baseia-se, especialmente, no interesse dos gestores, na mudança de comportamento, na visão de médio e longo prazo, enfim na efetivação de um orçamento familiar que atenda as necessidades do imediatismo e na elaboração de um planejamento estratégico que vise a maximização do patrimônio familiar tangível e intangível.


Palavras-chave


Família. Funções administrativas. Controle.

Texto completo:

PDF


 

 

  Revista ABCustos - ISSN 1980-4814

  Associação Brasileira de Custos, São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia