DESEMPENHO ORGANIZACIONAL DE SEGURADORAS DE VIDA E PREVIDÊNCIA NO BRASIL: UMA ANÁLISE APOIADA EM DEA

Marcelo Alvaro da Silva Macedo, Ana Carolina Thomaz de Almeida Monteiro Barbosa

Resumo


A avaliação de desempenho é algo importante na gestão de empresas de qualquer setor de atuação, pois, desta forma a administração da organização se torna capaz de monitorar, comparar e, até mesmo, corrigir o desempenho da mesma. Sendo assim, a avaliação de eficiência é fundamental para a sobrevivência da organização num ambiente competitivo. Neste sentido, este trabalho procura, através da metodologia DEA (Análise Envoltória de Dados), com retornos constantes de escala (CRS) e orientações input e output, analisar o desempenho das seguradoras de vida e previdência no ano de 2005, mediante três modelagens. Na primeira, busca-se eficiência de cada instituição através da análise dos indicadores de entrada (inputs) gasto com benefício e sinistralidade, para obtenção de resultado financeiro (output). Na segunda, busca-se eficiência através da análise dos mesmos indicadores de entrada para a obtenção de margem de lucro (output). Por fim, a última combina todos os inputs e outputs. Os resultados mostraram que as seguradoras com melhor desempenho não são necessariamente de grande porte e nem estão ligadas a grandes conglomerados financeiros.


Palavras-chave


Desempenho Organizacional. Seguradoras de Vida e Previdência. DEA.

Texto completo:

PDF


 

 

  Revista ABCustos - ISSN 1980-4814

  Associação Brasileira de Custos, São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia