CUSTOS DA QUALIDADE EM MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO APL DO VESTUÁRIO: UMA ANÁLISE EMPÍRICA

Juliane Andressa Pavão, Reinaldo Rodrigues Camacho

Resumo


Esta pesquisa teve como objetivo analisar a forma como os custos da qualidade são gerenciados em micro e pequenas empresas do Arranjo Produtivo Local (APL) do vestuário dos municípios de Cianorte e Maringá, no Estado do Paraná. Trata-se de um estudo quantitativo e descritivo que tem como estratégia de pesquisa o levantamento, e para coleta de dados utilizou-se o questionário.  Foram investigadas 113 empresas, tendo os dados sido analisados por meio da análise descritiva e análise não paramétrica de Mann-Whitney. Os achados evidenciam que micro e pequenas empresas preocupam-se com a qualidade dos produtos, visto que os custos de prevenção e avaliação possuem maior ocorrência em comparação com a ocorrência dos custos de falhas internas e falhas externas. Constatou-se também que existem algumas diferenças quando se trata da ocorrência dos custos da qualidade entre as micro e pequenas empresas investigadas. Por meio dos testes estatísticos, foi possível verificar que todos os custos classificados como de prevenção, mais o custo de falha interna “desconto no preço de venda de produtos defeituosos” e o custo de falha externa com a “devolução de produtos defeituosos” ocorrem de forma diferente em empresas de micro e pequeno porte. E que ainda, essa diferença se dá porque nas empresas de pequeno porte há maior ocorrência desses custos em comparação com as microempresas.


Palavras-chave


Custos da qualidade. APL do vestuário. Micro e pequenas empresas.

Texto completo:

PDF

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia