O USO DO CUSTEIO VARIÁVEL PARA GESTÃO DE UMA VINÍCOLA DE SANTA CATARINA, BRASIL

Patricia Mendes Cunha, Eduardo Tramontin Castanha, Januário José Monteiro, Adriana Carvalho Pinto Vieira, Andréia Cittadin

Resumo


A gestão de custos é importante para a manutenção e o crescimento das organizações, pois permite a redução dos gastos e gera informações para a tomada de decisão, fatores que contribuem para a melhoria de resultados. Porém, de modo geral, os empreendimentos agrícolas não utilizam ferramentas gerenciais e, em alguns, os gestores preocupam-se mais com o trabalho produtivo, deixando de lado os assuntos administrativos da empresa. Nesse contexto, este estudo tem por objetivo analisar os resultados obtidos mediante a aplicação do custeio variável em uma vinícola localizada no sul de Santa Catarina. Para tanto, fez-se uma pesquisa descritiva, com abordagem qualitativa, por meio de estudo de caso, pesquisa documental e entrevista. Verificou-se que os gastos fixos da vinícola são elevados e ela não alcançou o ponto de equilíbrio em 2016. Observou-se também que a organização precisa reavaliar os custos de alguns produtos, pois sua produção não é vantajosa, apresentando margem de contribuição negativa. Com base nos dados projetados para os anos 2017, 2018 e 2019, verificou-se que, mesmo com a possibilidade de alteração do regime tributário do Lucro Presumido para o Simples Nacional nos dois últimos anos e do aumento do preço de venda e quantidade vendida, a empresa não obterá lucro. Conclui-se que os gestores precisam redefinir as estratégias organizacionais para expandir as vendas e, consequentemente, aumentar sua margem de contribuição e/ou reduzir seus gastos fixos para que a organização se mantenha atuante no mercado.


Palavras-chave


Gestão de custos. Planejamento e controle de custos. Análise custo/volume/lucro.

Texto completo:

PDF

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia