DIFICULDADES IDENTIFICADAS NA IMPLEMENTAÇÃO DO CUSTEIO BASEADO EM ATIVIDADES: ESTUDO DE CASO EXPLORATÓRIO

Antônio Artur de Souza, Terence Machado Boina, Ewerton Alex Avelar

Resumo


Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa que visou descrever as dificuldades identificadas na implementação do custeio baseado em atividades (activity-based costing ABC) em uma empresa de produção por encomenda (EPE) localizada na região metropolitana de Belo Horizonte/MG, no ano de 2007. Utilizaram-se diversas técnicas para a coleta de dados, tais como entrevistas semi-estruturadas e não-estruturadas, pesquisa documental e observação participante. Verificou-se que os gestores da EPE não realizaram satisfatoriamente uma análise custo/benefício para tomar a decisão de implementar o ABC. As dificuldades identificadas na sua implementação foram: (a) comunicação limitada entre a equipe de consultores externos e os funcionários da empresa; (b) suporte restrito da alta gerência; (c) ausência de um sistema de informações robusto; e (d) dados coletados provenientes de controles internos ineficazes. As dificuldades identificadas ratificam os resultados provenientes de diversas pesquisas científicas nacionais e internacionais que fundamentam este trabalho. Acredita-se que os resultados apresentados neste estudo contribuem para a temática da implementação do ABC, notadamente em EPEs, ainda incipiente no Brasil. Por fim, ressalte-se que novas pesquisas poderiam abordar este tema em um número maior de empresas, especialmente em EPEs, no sentido de corroborar ou não os resultados obtidos neste trabalho.


Palavras-chave


Custeio baseado em atividades. Custos de produção. Empresas de produção por encomenda.

Texto completo:

PDF


 

 

  Revista ABCustos - ISSN 1980-4814

  Associação Brasileira de Custos, São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia