OS IMPACTOS DAS VARIAÇÕES DE PREÇO NAS CULTURAS DE SOJA E MILHO

Dário Schmidt, Davi Schmidt, Anderson Giovane Sontag, Elza Hofer

Resumo


O objetivo geral deste trabalho é verificar os impactos das variações dos preços dos produtos agrícolas e seus insumos na cultura da soja e do milho. O agronegócio está ligado a diversas áreas de pesquisa; neste caso, a contabilidade rural e custos. Suas principais características são: oferecer controle agrícola, decisões sobre tecnologia, produção e comercialização, ter gerenciamento de custos e vendas. Existem diversos fatores que influenciam os preços. Dessa forma, é preciso administrar as variáveis que interferem nas cotações e tornar-se competitivo com alcance dos menores custos de produção. Alguns produtos agrícolas são negociados em bolsas de valores; a maioria é vendida como commodity. A estatística é essencial para calcular os custos e despesas, mostrando resultados mais abrangentes, ou seja, um conjunto de valores e a interferência de cada um deles. Para este estudo, utilizou-se a soja e milho da safra verão, pela similaridade no processo de produção, e ambas constituem culturas alternativas. Nas safras de 2014/2015, 2015/2016 e 2016/2017, os resultados demonstram os lucros máximo, médio e mínimo. Com o estudo, foi possível concluir que é mais vantajoso cultivar soja, situação encontrada em dois períodos. O preço de milho e soja tem correlação forte entre si e média em relação ao dólar e euro. Os resultados apresentam grande divergência entre o resultado máximo e mínimo, sendo um dos riscos da atividade rural. 


Palavras-chave


Contabilidade Rural. Agronegócio. Produtos Agrícolas.

Texto completo:

PDF


 

 

  Revista ABCustos - ISSN 1980-4814

  Associação Brasileira de Custos, São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia