ANÁLISE DA EFICIÊNCIA NAS TAXAS DE RETORNO E CUSTOS DE COOPERATIVAS DE CRÉDITO BRASILEIRAS: UMA APLICAÇÃO DO MÉTODO PEARLS

Cassia Bellei, Vanderlei Gollo, Juliana Fabris, Naline Tres

Resumo


O estudo teve como objetivo analisar o índice de eficiência no desempenho de cooperativas de crédito a partir da aplicação PEARLS, grupo R - Taxas de retorno e custos. Para tanto, utilizou-se pesquisa descritiva, documental e quantitativa a partir de uma amostra que contempla as 25 maiores cooperativas de crédito localizadas na Região Oeste do estado de Santa Catarina. Adotaram-se, para a análise dos dados, o método PEARLS, desenvolvido pelo World Council of Credit Unions. A partir do PEARLS, foram utilizados os indicadores do grupo R, que representam as taxas de retorno e custos, os quais foram utilizados para determinar a eficiência das cooperativas em conjunto com a metodologia TOPSIS. Os dados documentais necessários para a construção da análise foram coletados junto ao site do Banco Central do Brasil, a partir das demonstrações financeiras elaboradas de acordo com o Plano Contábil das Instituições Financeiras. Os resultados indicaram que a eficiência no desempenho das cooperativas de crédito não está relacionado ao seu tamanho. Isso reforça a importância das informações contábeis para a análise das cooperativas de crédito, uma vez que as mais eficientes não apresentaram relação com o tamanho ou tempo de existência.


Palavras-chave


Instituição Financeira. Rentabilidade. TOPSIS.

Texto completo:

PDF


 

 

  Revista ABCustos - ISSN 1980-4814

  Associação Brasileira de Custos, São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia