UNIDADE DE ESFORÇO DE PRODUÇÃO (UEP) COMO MÉTODO DE CUSTEIO: IMPLANTAÇÃO DE MODELO EM UMA INDÚSTRIA DE LATICÍNIOS

João Francisco Morozini, Daiane Cambruzzi, Fábio Vianei Balen

Resumo


O método UEP fundamenta-se na noção de esforço de produção, isto é, o esforço realizado por uma máquina funcionando, o esforço humano, o esforço dos capitais, o esforço da energia aplicada e outros direta ou indiretamente aplicados. Tal método propicia além do custo de transformação dos produtos, outros inúmeros subsídios de extrema utilidade na gestão industrial. O objetivo deste artigo é evidenciar a aplicabilidade do método da unidade de esforço de produção - UEP na linha de produção de uma indústria de laticínios como método de custeio. Trata-se de um estudo de caso com abordagem quantitativa do problema. A análise dos resultados permite constatar a eficiência do método no segmento industrial, mas, principalmente, evidenciar os passos para a sua implantação. Conclui-se que o método UEP descrito ao longo desse artigo revela ser um método bastante adequado como método de custeio.


Palavras-chave


UEP. Método de custeio. Laticínio.

Texto completo:

PDF


 

 

  Revista ABCustos - ISSN 1980-4814

  Associação Brasileira de Custos, São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia